9 de junho de 2021

Venda on-line: farmácias magistrais devem utilizar apenas a sua plataforma

O Conselho Regional de Farmácia de Alagoas comunica as farmácias magistrais de Alagoas que não utilizem qualquer plataforma digital diferente da sua para fazer a venda de medicamentos. A orientação veio por meio de um ofício circular emitido pelo Conselho Federal de Farmácia em que certa empresa de tecnologia tem disponibilizado uma ferramenta para cotação e facilitação de venda on-line.

Conforme o ofício, este tipo de comercialização se trata de irregularidade legal e regulatória constituindo uma infração ética. O presidente do Conselho Regional de Farmácia de Alagoas, Robert Nicácio, explica que os estabelecimentos que optem pelo markeplace para comercializar medicamentos magistrais, devem fazer a leitura da nota técnica produzida pelo CFF para evitar infrações éticas e sanitárias.

Fonte: Ascom CRF/AL

9 de junho de 2021

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *