9 de junho de 2021

Farmácias com manipulação crescem acima da média

Ao lado do setor de tecnologia, a área da saúde tem apresentado grande crescimento nos últimos anos. As farmácias de manipulação, por exemplo, têm demonstrado resultados bem significativos. De acordo com o último levantamento da Associação Nacional de Farmacêuticos Magistrais (Anfarmag), entre 2014 e 2019, foi registrado aumento de 14,5% no número desses estabelecimentos no Brasil, sendo de 6% de acréscimo no último ano. Os dados foram apresentados em live promovida pelo Conselho Federal de Farmácia transmitida pelo youtube e pelas redes sociais da entidade.

O evento virtual foi mediado pelo conselheiro federal de farmácia pelo Paraná, Gustavo Pires. O diretor da Anfarmag, Marco Fiaschetti, avaliou que a demanda por medicamentos individualizados está entre as explicações para esse avanço. “E esse número vem aumentando, inclusive, acima da taxa de crescimento do País. Se existe um setor cujas empresas a cada ano crescem é porque esse tipo de estabelecimento vem cumprindo um papel dentro da cadeia da saúde. A sociedade cada vez mais vem requerendo cuidados personalizados junto às farmácias de manipulação como estabelecimentos de saúde”, comenta.

O levantamento mostra ainda que a maior parte desses estabelecimentos é considerada de pequeno porte. 97% dessas farmácias faturam menos que 3,6 milhões ao ano. Outro dado que chama atenção é a idade média de sobrevivência dessas empresas, que é mais alta na comparação com outras empresas brasileiras. “Em média uma farmácia de manipulação tem quase 17 anos de existência, enquanto que a idade média das empresas brasileiras varia de 5 a 7 anos. Mais um indicador que mostra a importância social da farmácia. A partir do momento que o colega empreende neste setor normalmente a farmácia se estabelece e se perpetua a tal ponto que mais de um terço do setor tem mais que 21 anos de existência”, esclarece.

Segundo a Anfarmag, durante o período da pandemia a sociedade passou a compreender melhor a possibilidade dos serviços a serem oferecidos pelo setor. “No ano passado e neste ano as farmácias têm dado resultados superiores aos outros anos antes da pandemia. A farmácia de manipulação vem sendo descoberta por uma fatia da sociedade que antes não sabia da existência da farmácia de manipulação. A primeira grande procura às farmácias de manipulação foi de álcool em gel. Uma parte da sociedade nem imaginava que a farmácia de manipulação poderia produzir isso. Depois veio uma segunda fase em que os medicamentos industrializados tiveram falta nas drogarias e as farmácias de manipulação foram demandadas para suprir esse tipo de medicamento. Farmácias de manipulação estão sendo demandadas por hospitais e congêneres para adaptar formulações para pacientes que estão internados e intubados”, conclui.

No Brasil existem hoje cerca de 8 mil farmácias que atuam exclusivamente com manipulação. A cada 10 farmácias, uma oferece esse serviço.

Fonte: comunicação CFF

9 de junho de 2021

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *