8 de fevereiro de 2021

Diretoria do CRF/AL faz um balanço das ações promovidas no primeiro ano de gestão

No ano de 2020, o farmacêutico foi um profissional de saúde essencial no cenário da pandemia da Covid-19. Na busca desenfreada pela cura de uma doença desconhecida, os medicamentos foram os protagonistas da  história. Informações de que medicamentos poderiam ajudar na cura e/ou prevenção da Covid-19, levaram as pessoas as farmácias para comprá-los sem qualquer orientação de um profissional de saúde.

E foi pensando em promover o uso racional dos medicamentos, que o Conselho Regional de Farmácia de Alagoas esteve na imprensa alagoana, orientando sobre os riscos do uso irracional destes medicamentos, além claro, de informar a importância de se cumprir os protocolos de saúde para evitar a contaminação com o vírus.

Foram 27 entrevistas em rádios, 45 entrevistas em televisão, 84 matérias em sites de notícias e 4 reportagens nos jornais impressos Gazeta de Alagoas e Tribuna Independente somente em quatro meses da pandemia. Isso mostra que o profissional farmacêutico teve seu trabalho valorizado e reconhecido pela sociedade alagoana. Para os farmacêuticos foram promovidas 12 lives com o tema da Covid-19 e ofertado um tratamento complementar com as Práticas Integrativas e Complementares (PIC´s).

Contudo, a Covid-19 não foi o único tema trabalhado pelo CRF/AL. Antes da pandemia, houve a campanha do dia nacional do farmacêutico em Maceió e Arapiraca com ação de atendimento em praças públicas e a realização de um curso para os profissionais e estudantes. A primeira turma de farmácia de Alagoas foi homenageada pelos 20 anos de formatura.

Campanhas

Foram promovidas campanhas educativas da Covid-19 voltadas para o uso correto de máscara de proteção e das lavagens das mãos, da orientação quanto a não comprovação científica de que ibuprofeno, dexametasona, nitazoxanida, azitromicina, hidroxicloroquina, cloroquina e ivermectina eram medicamentos que combatiam o vírus e sobre o percentual correto da proteção do álcool gel.

Realizamos as campanhas contra a automedicação em crianças e uso racional de antimicrobianos e participamos como convidado da campanha Sinal Vermelho promovida pelo Tribunal de Justiça de Alagoas.

Grupos de Trabalho

Promovemos reuniões com os GT de Estética, Farmácia Clínica, PIC’s, GT de Ensino e Pesquisa e de proprietários farmacêuticos. De forma inovadora, o GT PIC´s lançou um guia de autocuidado para os farmacêuticos e para a sociedade, ensinando como as práticas integrativas podem ser feitas pelo próprio paciente. GT de Ensino e Pesquisa passou por um treinamento com os membros do Conselho Federal de Farmácia Rui Reys e Jairo Sotero sobre os processos de averbação dos títulos de especialistas.

Atendimento aos farmacêuticos

Com o objetivo de conhecer quantos profissionais foram infectados no Estado foi colocado à disposição de todos os farmacêuticos um questionário para que eles respondessem se já haviam sido infectados pelo vírus. Com posse das informações, estes profissionais foram encaminhados para o acompanhamento com o grupo de trabalho das práticas integrativas e complementares (PIC’s) que tem prestado este atendimento.

Entrega de Kits

Os fiscais do CRF/AL atendendo a resolução 684/2020 do Conselho Federal de Farmácia fizeram a distribuição dos Equipamentos de Proteção Individual (EPI’s) aos profissionais que no ato da fiscalização estivessem sem eles. Para aqueles que não receberam EPI´s em seus locais de trabalho, foi disponibilizado um canal de comunicação a fim de que eles comunicassem ao Conselho, para que posteriormente fossem entregues.

Deliberações

O Conselho Regional de Farmácia de Alagoas deliberou o registro do consultório farmacêutico para pessoa física, evitando assim o pagamento de duas anuidades. Também aprovou mais duas deliberações que favorecem a categoria: a de identificação profissional e que trata da habilitação provisória de registro de títulos específicos.

A deliberação que trata da identificação profissional, permite a partir de agora que o farmacêutico – caso seja solicitado – no ato da fiscalização apresente a cédula de identidade farmacêutica ou a carteira profissional (carteira marrom) e/ou qualquer documento oficial com foto, que pode ser a cédula de identidade civil ou carteira nacional de habilitação (CNH).

Quanto ao registro provisório de títulos específicos, será concedido um registro provisório de seis meses válido ao farmacêutico que cursou especialização, cujo certificado de conclusão de curso ainda não tenha sido expedido. A deliberação foi aprovada em virtude do atual cenário econômico do país e com base no decreto de calamidade pública do governo federal e na medida provisória de desburocratização.

Atendimentos

Durante a pandemia, o CRF/AL implantou o atendimento virtual via whatsapp ampliando os canais de comunicação para os farmacêuticos e empresas alagoanas. Em novembro de 2020 aproximadamente 400 atendimentos foram realizados virtualmente, sendo a maior parte deles para a secretaria, seguido pelo financeiro e depois pela assessoria técnica.

Na assessoria técnica grande parte dos atendimentos são voltados para os processos – onde foram analisados 1.132 somente neste primeiro ano de gestão – e para dúvidas em assuntos regulatórios, como por exemplo peticionamento eletrônico, cadastramento de empresas na Anvisa e SNGPC.

Fiscalização

Em julho de 2020, a fiscal Andrezza Karyninne iniciou suas atividades no CRF/AL após nomeação por parte da atual diretoria e hoje o CRF/AL conta com quatro fiscais, sendo três deles em atividades externa e um no cargo de gerente de fiscalização. Atuando para garantir a presença do profissional farmacêutico durante todo o horário de funcionamento dos estabelecimentos de saúde, a gerência de fiscalização juntamente com a Câmara Técnica garantiram que os Processos Administrativos Fiscais dos anos de 2018 e 2019 (PAF´s) que se encontravam parados fossem analisados, tramitados e concluídos.

No início de 2020 existiam 105 processos sem análises do ano de 2018 e 696 processos do ano de 2019. Hoje na gerência de fiscalização já estão sendo analisados os processos do ano de 2020. Isso só reforça o compromisso com a categoria farmacêutica. A câmara técnica é composta pelos conselheiros Roberto Galdino da Silva, Flavia Scigliano Dabbur e Francisco Renê Leite Gondim.

Academia Virtual de Farmácia

Foi disponibilizado para os farmacêuticos a Academia Virtual de Farmácia que é uma plataforma de ensino do CRF/SP que oferece capacitações e atualizações à distância pela internet em uma sala de aula virtual, facilitando o acesso dos farmacêuticos que não podem comparecer aos treinamentos presenciais. Também assegura flexibilidade de horário, permitindo que o interessado aprenda o conteúdo no seu tempo livre.

Convênios

Foram renovados os convênios com instituições de ensino fundamental e médio, pós-graduação, planos de saúde e odontológico onde são ofertados descontos para os profissionais alagoanos.

Capitações

O CRF/AL respeitando todas as normas de segurança sanitária realizou cursos de capacitação voltado aos profissionais e estudantes de farmácia pelo seu canal no youtube, como o I Fórum Alagoano de Farmácia Clínica, Atendimento Farmacêutico na Obesidade, Lançamento do Guia de Autocuidado na Covid-19 e Vacinas contra covid-19: uma corrida contra o tempo.

Fonte: Ascom CRF/AL

8 de fevereiro de 2021

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *