21 de janeiro de 2020

Farmacêutica do HE do Agreste orienta sobre armazenamento correto de medicamentos

As pessoas costumam reservar algum lugar da residência para armazenar medicamentos antigos ou de uso contínuo.
Mas esse é um procedimento que deve sempre receber a orientação de um especialista da área. É o que recomenda a farmacêutica Ana Renata Leandro, do Hospital de Emergência Daniel Houly, em Arapiraca.

Ascom HE Agreste

Ela afirma que é muito comum as pessoas armazenarem medicamentos na cozinha ou no banheiro das residências. “Os remédios não podem ser armazenados em locais quentes e úmidos. O correto é sempre observar o prazo de validade e guardar os medicamentos em lugares arejados”, acrescenta.

Medicamentos vencidos

A farmacêutica do HE do Agreste lembra que muitas pessoas costumam jogar remédios nos vasos sanitários, pias e no lixo doméstico. “Esse tipo de atitude pode contaminar o lençol freático, agredir o meio ambiente e gerar problemas de saúde pública”, explica.
As substâncias presentes nesses produtos contaminam a água e o solo, podendo afetar organismos vivos, além de pessoas que bebem da fonte ou se alimentam de peixes e outros animais.

A especialista diz que as pessoas devem procurar uma unidade básica de saúde mais próxima de sua casa ou farmácia comunitária, a fim de entregar medicamentos que estão fora de uso ou com prazo de validade vencido. “Esses estabelecimentos possuem recipientes adequados para armazenar corretamente esses produtos e até fazerem doações”, revela Ana Renata, orientando as pessoas só tomarem remédio após a recomendação de um médico.

Fonte: Ascom Hospital de Emergência do Agreste

21 de janeiro de 2020

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *