23 de fevereiro de 2019

Carnaval: Cuidados com a pele no verão

Você cuida da sua pele? Passa protetor solar antes de sair de casa? A vida agitada nas cidades nos faz esquecer de alguns detalhes importantes para com o nosso corpo, como proteger a pele da incidência da ultravioleta (UV) dos raios solares. e como eles são prejudiciais para a saúde. Para explicar mais sobre esse tema, entrevistamos a professora da disciplina de Tecnologia de Cosméticos do Centro Universitário Cesmac, Flavia Scigliano Dabbur. Confira!

“Usar o protetor solar diariamente é extremamente necessário para prevenir o surgimento de manchas, retardar o envelhecimento cutâneo e assim também evitar o desenvolvimento do câncer de pele tardio. Países localizados próximos à linha do Equador, como o Brasil, são os que mais sofrem com a incidência das radiações solares. O Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe/ Cptec) atualiza diariamente o índice de radiação UV, que se refere ao nível de incidência do sol em todo o país. Citando Alagoas como exemplo, nosso estado recebe a praticamente mesma incidência de radiação UV todos os dias do ano, independente da época chuvosa e da estação do ano”, relatou Flavia.

De acordo com a orientação farmacêutica, uma boa proteção começa com a escolha correta do protetor solar, que deve ser feita de acordo com o tom e o tipo de pele. A partir dessa análise escolhe-se o tipo Fator de Proteção Solar (FPS) que é ideal para cada pessoa.

Recomendações

“A aplicação do protetor deve ser feita 30 minutos antes de se expor ao sol, para dar tempo do corpo absorver o produto, a quantidade a ser aplicada em cada região do corpo é proporcional ao tamanho de uma moeda de 1 real, a fim de que a proteção seja eficaz. É importante lembrar-se de reaplicar o protetor a cada duas ou três horas, para que a proteção se estenda”, destacou Dabbur.

Deve-se também lançar mão dos assessórios como o uso de chapéus, camisas e calças UVs, que são outras formas de aumentar o nível de proteção da pele. No caso das camisas e calças com proteção solar é necessário certificação de fábrica de quem produziu, como forma de garantir que ali existe um produto que irá proteger contra os raios UV.

Ascom CRF-AL

23 de fevereiro de 2019

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *