5 de dezembro de 2018

Presidente do CRF/AL participa da audiência pública na Câmara de Vereadores de Maceió

A presidente do Conselho Regional de Farmácia de Alagoas, Mônica Meira, participou nesta segunda-feira, 03, da audiência pública sobre o atendimento básico a crianças com microcefalia na Associação Comercial de Maceió.

Durante o encontro, foram proferidas palestras sobre o problema e apresentadas medidas que vêm sendo adotadas pela gestão pública estadual e municipal. Profissionais da saúde ligados à temática, dirigentes de entidades de classe, associações e a população, sobretudo de familiares de crianças com microcefalia participaram da audiência pública.


Para a presidente do CRF/AL o encontro foi importante porque permitiu que estes familiares tenham suas reivindicações atendidas por parte dos gestores. “As queixas foram grandes e essa interlocução entre o poder legislativo e a sociedade civil é fundamental para a melhoria da qualidade de vida destas pessoas portadoras da microcefalia”, comentou.

Dificuldades

A presidente da Associação das Famílias de Anjos de Alagoas, Alessandra Hora dos Santos entregou ao vereador Siderlane Mendonça, propositor da audiência pública, um documento contendo os problemas enfrentados pelas mães das crianças com microcefalia.

De acordo com ela, a falta de médicos especializados, de remédios, tanto na farmácia do Estado, a Farmec, quanto nos postos dos municípios são apenas uma das dificuldades enfrentadas pelas mães destas crianças.
“Pedimos também que os profissionais tenham mais humanidade. Às vezes essas crianças têm imunidade muito baixa e o médico passa antibiótico, que de tanto tomar a criança não reage mais. O que falta é se colocar no lugar do outro. Não tinha noção do que é a microcefalia, mas por amor ao meu neto tomei a posição de criar a associação. As mães sofrem com problemas psicológicos. Tem que ter uma política voltada para o cuidador e uma política básica voltada para a crianças”, declarou.

Fonte: Ascom CRF/AL com informações da Câmara de Vereadores de Maceió

5 de dezembro de 2018

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *