21 de novembro de 2018

Tratamento homeopático é baseado no princípio de que semelhante cura semelhante

O Dia Nacional da Homeopatia é comemorado em 21 de novembro. A data homenageia a instauração da técnica no Brasil, trazida pelo homeopata francês Dr. Benoit Jules Mure, responsável pela criação do Instituto Homeopático do Saí – o primeiro que tratava os pacientes com técnicas homeopáticas no país.

O Brasil é o país com mais destaque em Homeopatia na América do Sul, com o sistema homeopático reconhecido e organizado no campo clínico (Medicina, Odontologia, Medicina Veterinária), na Engenharia Agronômica (destaque internacional) e no campo farmacêutico (este outro grande diferencial brasileiro).

Segundo o Conselho Federal de Farmácia existem mais de 1000 farmácias homeopáticas em atividade no país, além de farmácias com manipulação mistas que também manipulam homeopáticos. Isso caracteriza o maior parque de farmácias homeopáticas no mundo.

A farmacêutica, Ionele Teles, explica que a Homeopatia é uma ciência que utiliza as mesmas substâncias que provocam os sintomas para tratar ou aliviar vários tipos de doenças, seguindo o princípio geral de que “semelhante cura semelhante”.

Isso significa dizer utilizar as substâncias que causam mal ao paciente e através delas criar remédios que não sejam tão agressivos. “As substâncias da natureza têm a potencialidade de curar os mesmos sintomas que são capazes de produzir”, comentou.

De acordo com ela, a terapêutica é baseada na administração de doses reduzidas de fármacos considerando a totalidade do quadro clínico de pacientes, buscando a recuperação da saúde integral e estimulando o reequilíbrio orgânico.

 “Normalmente, as substâncias utilizadas na homeopatia são diluídas em água até que sobre pouca quantidade dessa substância na mistura final, produzindo-se assim um remédio homeopático que poderá ser capaz de aliviar os sintomas em vez de piorar. Geralmente, quanto mais diluído for o medicamento homeopático, maior será o poder de tratamento”, falou a farmacêutica.

Ionele reforça que a terapêutica é ofertada no sistema público de saúde desde os anos 1980 e foi oficialmente incluída no Sistema Único de Saúde (SUS) em 2006 e em Maceió, existem cerca de 10 médicos que já utilizam o tratamento homeopático no PAM Salgadinho.

Fonte: Ascom CRF/AL

21 de novembro de 2018

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *